Translate this Page
ONLINE
1


Partilhe esta Página


 


COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS

Ver Comentários  ::  Deixar Comentário


Comentários: 60   Páginas: 12                << Primeiro  |  < Atrás  |  1 2 3 4 5 6 7  |  Seguinte >  |  Último >>

Post 6 Inserido por Comentário:
Nome: Assunção Figueiredo
De: Viseu
Email: Contacto
Sr. Abel Figueiredo

Como Satense por casamento, é com gosto que aqui vejo defendidos e apresentados muitos assuntos de interesse sobre o concelho de Sátão o que me leva a agradecer-lhe.

Refere que o CPA não defende os interesses do interior o que acredito, mas porque o desconheço pergunto se pode ser mais concreto.

Um abraço

Resposta do Administrador: Resposta do Administrador: Sr.ª Assunção

Agradeço o seu comentário onde mostra que os conteúdos e propósitos deste site lhe interessam (neste ano e até ao momento 23/08/2019 13:44m já foi 31.135 acedido).

Quando reconheço que o Código de Procedimento Administrativo não defende o interior, refiro-me particularmente à exigência de projetos para reconstrução e recuperação do tecido urbano construído em pedra granítica.

Defendo que para estas obras não deveriam ser exigidos projetos ((a sê-lo deveriam as respetivas câmaras (do interior) a custeá-los)), com a exigência de que as paredes visíveis fossem em pedra em mais que 75% da área de cada uma.
Vejo nesta solução a recuperação de vasto tecido urbano histórico abandonado ou em ruínas que iria promover o desenvolvimento e o repovoamento do interior.
Tenho nesta problemática alguns incentivos para apresentar a quem os queira ouvir, discutir e por em prática.

Cordialmente
Adicionado: August 23, 2019 Responder a esta entrada  Apagar esta entrada  Ver IP
Post 7 Inserido por Comentário:
Nome: Daniel Mendes
De: Viseu
Email: Contacto
Sr.

Reconheci em alguns parágrafos do conteúdo deste seu site algum desagrado com a Câmara Municipal de Sátão, porque entendo que neste trabalho mereceria ter recebido o maior apoio desta autarquia, pergunto onde se apoia neste seu desagrado.

Sei que pouco posso ajudar, mas estou disponível

D.Mendes

Resposta do Administrador: Sr. Daniel Mendes

Começo por agradecer o seu comentário e o seu interesse nesta problemática.

Infelizmente os distritos do interior e os seus concelhos deixam-se subjugar ao CPA (Código Procedimento Administrativo), criado e imposto por aqueles para quem Portugal é Lisboa e o resto paisagem, aceitam e ficam (de quatro) submissos a esta incompetência e prepotência à espera da reforma.

Tenho com esta preocupação apresentado vários desafios à politicagem em geral deste concelho, mas todos se acham mais que a ralé (ou como já referi subjugados a um poder que para o interior pouco defende) e nada querem ouvir, discutir ou se envolverem.

Como saberá no final da página inicial deste site apresento todas as entidades que reconheço terem dado o seu melhor nesta divulgação, infelizmente a CMSátão não está incluída, vamos lá saber porque?.

Proponho que aceda ao site da cmsátão para verificar que não há um único paragrafo a apresentar ou defender este projeto que trouxe 1,5% de população e onde já nasceram 9 crianças.

Um abraço
Adicionado: August 2, 2019 Responder a esta entrada  Apagar esta entrada  Ver IP
Post 8 Inserido por Comentário:
Nome: Manuel Machado
De: Viseu
Email: Contacto
Bom dia Sr. Abel Figueiredo

Li num dos seus comentários uma intenção onde incluiu 179 concelhos, em defesa do repovoamento e desenvolvimento do interior.

Gostava de saber se já teve alguns resultados.

Gabo-lhe a sua obra, parabéns.

Um abraço

Resposta do Administrador: Sr. Manuel Machado

Começo por lhe agradecer o seu comentário onde mostra reconhecimento e interesse.

sobre o Repovoamento e desenvolvimento que enviei às 179 camaras do interior.
Reconheci que este objetivo onde pretendi um consenso geral era megalómano.

Por esta razão passei a defender que:
--O concelho deveria reunir com as suas freguesias e escolherem as melhores soluções colaborantes neste objetivo.
--O distrito deveria reunir com os seus concelhos e escolherem as melhores soluções.
--Os distritos reunidos, escolherem as melhores soluções.

Porque poucas mais reações recebi depois do comentário que aqui fiz, passei a acreditar que este repovoar e desenvolver o interior não é nem será um objetivo para a maior parte dos responsáveis do interior que se assumem como coitadinhos e que por razões que desconheço antes das eleições gritam por estes objetivos e depois de eleitos paralisam.

Cumprimentos
Abel Figueiredo
Adicionado: July 12, 2019 Responder a esta entrada  Apagar esta entrada  Ver IP
Post 9 Inserido por Comentário:
Nome: Adelina Morais
De: Alhais
Email: Contacto
Caro Sr. Abel Figueiredo,
Dou-lhe os meus parabéns pelo excelente trabalho que tem estado a desenvolver no concelho do Sátão.
Embora seja natural de Alhais, vivo em Azeitão e casei na Corujeira/Ferreira de Aves.
Tomei conhecimento do seu trabalho, apenas há poucos dias, através da visualização de um comentário que fez na pag. Facebook da mulher do presidente da Junta de Freguesia de Ferreira de Aves sobre a reconstrução da capela da Corujeira. A sua frontalidade e pertinência despertou a minha atenção. A curiosidade levou-me a saber mais sobre a sua pessoa e descobri o site.
Apesar de ir à Corujeira com muita frequência nunca ouvi qualquer comentário acerca desse seu projeto.
Pela minha parte divulgá-lo-ei, pois merece todo o meu apreço e louvor.
Cordialmente,
Adelina Morais

Resposta do Administrador: Sr.ª Adelina

Começo por lhe agradecer o reconhecimento do resultado deste projeto.

Se poderia ter feito melhor? poderia!, mas a política cega, surda e dona do saber que existe dentro das quatro paredes do edifício da CMSátão não o facilitou, ((tenho algumas propostas para apresentar e não o faço porque o saber/poder instalado nunca irá permitir que quem o sustenta (o povo) as tenha)).

Sobre a frontalidade e pertinência que reconhece em alguns comentários que faço, são o resultado de reconhecer que no caixote da política e apoiando-me apenas nos media, só existem vendedores da banha da cobra, incompetentes e outros piores.

Quando diz que nunca ouviu qualquer comentário sobre esse projeto.
Procurei envolver (via telefone e email) por mais que uma vez todas as freguesias deste concelho para colaborarem numa mais qualificada informação geral de cada freguesia e neste propósito a presidente da Assembleia Municipal de Sátão (Dr.ª Eugenia Duarte) esteve envolvida, infelizmente tudo ficou por uma breve reunião com a mesma e neste resultado recolhi e reconheci que a família política come toda do mesmo prato (preto).
Na base da página inicial deste site vai encontrar conteúdos que valorizam este projeto, infelizmente é a CMSátão quem menos valor dá ao mesmo.

Agradeço a sua disponibilidade na divulgação e consideração deste projeto e se não for pedir demais convido-a a questionar a CMSátão (telefone 232980000 e pedir para falar com o presidente) se conhece este projeto e “para eu também saber” de que forma participou para o mesmo.
Se perguntar sobre mim, garanto que vai ouvir que sou persona non grata (porque lhes exijo respeito), defendo-me eu.

Eu não voto. Não sendo as minhas razões apenas apoiadas no 2º e 3º paragrafo.
Adicionado: June 28, 2019 Responder a esta entrada  Apagar esta entrada  Ver IP
Post 10 Inserido por Comentário:
Nome: autor, responsavel do projeto
De: Sátão
Email: Contacto
Enviei para as 179 câmaras dos 12 distritos do interior Beja; Braga; Bragança; Castelo Branco; Évora; Faro; Guarda; Portalegre; Santarém; Viana do Castelo; Vila Real e Viseu, um convite de parceria na intenção de se apresentarem ideias para promover o repovoamento e desenvolvimento do interior.

De retorno no 1º contato (princípio de Maio/2019)
49 camaras abriram o email; destas, 5 pediram os meus dados; 1 discutiu o assunto; 3 reencaminharam o assunto; 4 eliminaram o contato sem o lerem e de 124 não obtive qualquer resposta.

De retorno no 2º contato (princípio de Junho/2019)
63 câmaras abriram o email; destas 1 pediram os meus dados, 2 eliminaram o contato sem o lerem e de 116 não obtive qualquer resposta.

Todos os presidentes de câmara do interior se queixam da necessidade de repovoamento e desenvolvimento do seu concelho. Nestes dados podemos retirar que muitos deles falar, falam, mas trabalhar…
Adicionado: June 7, 2019 Responder a esta entrada  Apagar esta entrada  Ver IP

<< Primeiro  |  < Atrás  |  1 2 3 4 5 6 7  |  Seguinte >  |  Último >>